search
Entrar

Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

0 votos
Trabalho como caixa em uma farmácia e gostaria de saber se a empresa que me deve fornecer um valor x de troco para usar no dia-dia ou sou eu que tenho que correr atrás.
 Nosso fundo de caixa (o valor que abrimos e fechamos o caixa) é de R$200,00 mas nunca tem trocado, apenas notas de R$50,00/100,00 ou até mesmo uma de 200,00. A supervisão nos manda correr atrás de trocos e diz que é nosso dever.

Outra dúvida é se quando eu vou para o intervalo posso deixar o meu caixa aberto para uso, se da falta eu que pago?
Gostaria de saber o que é  certo.
em CLT
Anúncio publicitário

1 resposta

0 votos
Não vejo irregularidade na exigência de que o funcionário obtenha troco. Na forma do art. 456, parágrafo único, da CLT, a falta de prova ou inexistindo cláusula expressa e tal respeito, entender-se-á que o empregado se obrigou a todo e qualquer serviço compatível com a sua condição pessoal.

Salvo cláusula contratual, lei ou norma coletiva (estas normalmente prevêem a chamada quebra de caixa), o empregador não pode efetuar descontos no salário (art. 462 da CLT).

Se outra pessoa passa pelo caixa no momento do intervalo e não é possível constatar quem provocou a falha na entrada e saída de valores, o empregador não pude imputar esse ônus aos funcionários.

 
2.546 pontos

Isenção de responsabilidade

As respostas e comentários do Pergunte Direito não são aconselhamentos legais, não criam relações advogado-cliente e não são ofertas de serviços jurídicos. A finalidade deste site é restrita a estimular a troca de conhecimentos acadêmicos e de utilidade pública.

Se você ignorar este aviso e fornecer informações confidenciais em mensagens privadas ou públicas, não haverá obrigação de manter a informação sigilosa ou de renunciar a atuação contrária a seus interesses.

Consulte um advogado antes de fazer algo que possa afetar seus direitos.


Tem uma dúvida?


Faça uma pergunta

Perguntas relacionadas

...